Adoção

Salto já conta com Grupo de Apoio a Adoção

FONTE: CANAL ITV

Em evento realizado na noite da última sexta-feira (25), na Sala Giuseppe Verdi foi criado oficialmente em Salto o primeiro Grupo de Apoio à Adoção da cidade, graças a um trabalho da Prefeitura, promovido pela Secretaria de Ação Social e Cidadania e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com o apoio do Poder Judiciário, através da Vara da Infância e Juventude.

No evento, organizado justamente no Dia Nacional da Adoção, dia 25 de maio, também foi realizado o I Seminário Municipal de Apoio à Convivência Familiar e Comunitária: Salto nos Caminhos da Adoção! que contou com palestras do Dr. Antônio Carlos Berlini, advogado Membro Efetivo da Comissão Especial de Direito à Adoção da OAB/SP e de Paulo Sergio Pereira dos Santos, fundador do Projeto Acalanto de São Paulo em 1993, ex-presidente da Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção – ANGAAD, e incentivador na criação de diversos Grupos de apoio no país.

O Seminário contou com a participação do Prefeito Geraldo Garcia, da secretária da Ação Social e Cidadania, Cristiane de Souza dos Santos Vitorio, do secretário da Educação, José Carlos Grigoletto, do vereador Vinicius Saudino, da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Adriana de Fátima Sala, de representantes da Vara da Infância e Juventude e da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB.

Salto entra de vez no circuito de cidades que se mobilizam pela questão da filiação adotiva. O seminário marcou esse ingresso, com a proposta da criação de um Grupo de Apoio à Adoção. As pessoas que ingressam no Cadastro Nacional de Adoção têm que participar de grupos que informem e apoiem, e agora Salto está se estruturando para ter o próprio grupo.

Em todo o Brasil existem mais de 180 grupos, que se organizam para discutir, diminuir os preconceitos e discriminações, e promover a adoção com encontros, seminários, palestras, comemorações, workshops, exposições, caminhadas e corridas. Esses grupos trabalham por adoções legais, seguras e para sempre, pela garantia do direito à família para todas as crianças e adolescentes, pela legitimidade da família adotiva, pela Atitude Adotiva como fundamento da sociedade e por uma cultura de adoção.