Utilidade Pública

Wi-fi nos ônibus: cidade na RMC terá internet de graça em todos os veículos

FONTE: GAZETA DO POVO

Os 75 ônibus do transporte coletivo de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, terão serviço de wi-fi gratuito nas linhas que circulam dentro da cidade. Ao contrário de Curitiba, que havia prometido wi-fi grátis nos terminais de ônibus em 2016, mas segue com o projeto empacado, a promessa em Araucária é de que o sistema comece a funcionar a partir de maio. O sistema será operado por uma empresa terceirizada, em parceria com a Viação Tindiquera - responsável pela operação dos ônibus coletivos no município.

A medida, porém, não vai funcionar nas linhas metropolitanas, pois elas são geridas pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e não pela prefeitura.

Segundo o superintendente em transporte coletivo de Araucária, Wilmer Jacó da Silva, o que possibilita a prestação do novo serviço ao cidadão é o controle de gastos com a extinção, em 2017, da Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC), que intermediava o contrato entre a prefeitura e a empresa de ônibus.

“A prefeitura custeava para o transporte cerca de R$ 40 milhões por ano por causa dessa companhia. Com o fim dela, nós reduzimos esse custo para uma média de R$ 24 milhões e isso permite investimentos em novos projetos, sem que o cidadão arque com os custos. O wi-fi grátis dentro dos ônibus operantes em Araucária trará comodidade para o usuário sem precisar mexer no valor da tarifa”, disse o superintendente. Como noticiou a Gazeta do Povo, na contramão de várias cidades, Araucária reduziu o preço da passagem pela metade e passou a oferecer ônibus grátis aos domingos.

Como funcionará o sistema

Segundo a empresa Go Wi-Fi, que fará a gestão do sistema que funciona por hotspot (com um aparelho instalado dentro do ônibus transmitindo sinal wi-fi), para utilizar a rede de dados grátis basta que o usuário encontre a rede no seu celular ou tablete e clique no botão conectar. “Para facilitar o acesso, eliminamos a necessidade de cadastro pessoal. Não precisa preencher o nome, nem o e-mail ou CPF. O objetivo é que o maior número de pessoas possa utilizar o wi-fi sem complicação”, explica Steffanny Savalle, sócia da empresa Go Wi-Fi. O serviço gratuito funcionará em todas as linhas de ônibus de Araucária, inclusive as que circulam pela zona rural.

Ainda segundo a empresa, cerca de 45 pessoas conseguem acessar o wi-fi grátis ao mesmo tempo e a internet oferecida será da operadora Vivo, com velocidade 4G. Alguns aplicativos e sites que consomem volume maior de dados são bloqueados pelo roteador do aparelho.

Para garantir a segurança da rede, segundo a Steffanny, o IP do aparelho conectado ficará registrado automaticamente na hora do acesso. “É um sistema seguro que busca evitar fraudes. Guardaremos os registros em nosso banco de dados”, diz. Ainda segundo a empresa, alguns testes operacionais foram realizados em um ônibus da Viação Tindiquera.

“Tivemos uma boa resposta de cobertura de sinal. Poucos pontos cegos apareceram dentro da cidade e na zona rural e a internet respondeu com uma boa qualidade. A expectativa é de que, quando começar a funcionar, o passageiro tenha uma boa experiência de navegação”. Durante os testes, que duraram cerca de uma semana, a Go Wi-Fi disse que 6 mil pessoas navegaram pela rede de dados gratuita. O ônibus piloto alternou o trajeto durante o dia nas linhas do Santa Regina, São Francisco, Primavera e Fonte Nova/Shangri-lá. A aprovação do serviço foi de 80%.

A prefeitura de Araucária informou que a escolha da empresa Go Wi-Fi levou em conta a proposta financeira e a experiência no fornecimento do serviço em Maringá. “Temos referência de que o serviço lá funciona com qualidade. Estamos na fase de finalização de contratos e a previsão é de que, até a primeira semana de maio, o serviço comece a funcionar oficialmente”, disse Wilmer Jacó.

 

Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Please let us know your name.
  2. Email
    Please let us know your email address.
  3. Captcha(*)
    Captcha
    Invalid Input