Diversidade

Estudante lésbica eleita “representante estudantil” nos EUA revela sonha de ser presidente

Fonte : Observatoriog

Uma estudante de 11 anos, que apesar da idade já se considera lésbica, de Connecticut, nos Estados Unidos, foi eleita “representante mirim estudantil do governo”.


A vitória aconteceu após os votos de mais 6400 alunos de 87 escolas do Estado.

A campanha de Ella Briggs trazia o slogan “Amor é amor”, que caiu no gosto dos eleitores mirins. No discurso da vitória, ela garantiu que no seu cargo vai “conversar com estudantes e falar sobre a importância do amor, da aceitação, igualdade e respeito para todos”.

Em entrevista ao Connecticut Post, a jovem ainda comentou sobre os seus planos para o futuro. Dentre eles, sonha entrar na política e galgar ao posto de Presidente da República no país. Tornando-se, segundo ela, a primeira lésbica a ocupar a cadeira na Casa Branca.

 

A eleição de Briggs causou reações adversas. Alguns pais proibiram os seus filhos de assistir a pose da garota, que estuda na escola Ana Grace Academy of Arts Elementary Magnet School, na cidade de Avon.

Apesar das críticas, ela garante que vai governar para todos. “Estou feliz que muitos alunos vieram. Haters não vão gostar, mas de qualquer forma é maravilhoso estar aqui com todas essas pessoas.”, garantiu.