Mundo

Uma vila muito especial na Holanda para idosos com demência

FONTE: TUDO POR EMAIL

A vila holandesa de Hogeweyk parece um pacato vilarejo comum.

Com lojas, restaurantes, parques e até mesmo um teatro, você não iria suspeitar que esta cidadezinha é um lar para idosos que sofrem de demência e Mal de Alzheimer. Os 152 residentes que vivem aqui desfrutam de total liberdade e privacidade, sendo cuidados 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Os moradores mais jovens da cidade são enfermeiros e enfermeiras especialistas em geriatria, que trabalham para fornecer aos residentes uma vida mais fácil e natural. Eles usam roupas comuns para que os moradores se sintam mais confortáveis e cumprem atividades do dia a dia em uma cidade, como caixas do mercadinho, funcionários do correio e atendentes na mercearia. Para os moradores, eles parecem ser vizinhos gentis ou pessoal contratado pelos estabelecimentos comerciais.

A vila foi especialmente projetada para não parecer uma instituição e, dessa forma, fazer os moradores se sintam mais autônomos. A vila tem 23 casas com estilos variados. Os 7 estilos que podem ser escolhidos incluem Alta Classe, Aconchegante, Urbano, Religioso, Artesão, Indonésio ou Cultural.

Não há trancas nas portas e os moradores são livres para passearem pela aldeia a pé ou de bicicleta. Uma equipe de 250 funcionários está sempre por perto para garantir que eles estejam bem cuidados e seguros. Existem outras instalações de lazer, como um café, restaurante, teatro e bar, para fazer com que a rotina cotidiana seja bem próxima da vida real em uma comunidade.
Uma vila muito especial na Holanda para idosos com demência

Em cada casa, os moradores têm seu próprio quarto e compartilham a sala de estar, sala de jantar e cozinha com 6 outros residentes.
Uma vila muito especial na Holanda para idosos com demência

Os residentes administram suas próprias moradias, com o apoio de prestadores de cuidados. Em casa, eles são responsáveis por cozinhar, lavar e limpar.