Gente que faz e acontece

J.K. Rowling doa US$ 18 milhões para pesquisas sobre esclerose múltipla

FONTE: SÓ NOTICIA BOA 

J.K. Rowling, autora da série de livros Harry Potter, doou uma verdadeira fortuna para pesquisas sobre esclerose múltipla: US $ 18,8 milhões – mais de R$ 75 milhões.

Ela anunciou esta semana que o dinheiro vai para a Universidade de Edimburgo para que a instituição possa aproveitar o sucesso de sua Clínica de Neurologia Regenerativa Anne Rowling.

A clínica, construída em 2010 graças a outra doação pesada de Rowling, recebeu o nome da mãe da autora Anne Rowling, que morreu aos 45 anos vítima justamente de esclerose múltipla.

“Quando a Clínica Anne Rowling foi fundada, nenhum de nós poderia prever o incrível progresso que seria feito no campo da Neurologia Regenerativa, com a Clínica liderando o processo”, disse Rowling.

A Clínica de Neurologia Regenerativa de Anne Rowling quer deixar um legado com resultados melhores para gerações de pessoas com doenças neurodegenerativas, provocadas ou não por Esclerose Múltipla.

Pesquisas

Além de financiar a construção de instalações pertencentes à clínica, a doação também vai ajudar a financiar pesquisas sobre tratamentos e curas neurodegenerativas.

A ideia também é usar o dinheiro para que profissionais de saúde possam melhorar a vida de pacientes que sofrem de doenças debilitantes semelhantes.

“Estamos imensamente honrados por J.K. Rowling ter escolhido continuar seu apoio à Clínica de Neurologia Regenerativa de Anne Rowling. Essa doação inspiradora financiará toda uma nova geração de pesquisadores focados em descobrir e oferecer melhores tratamentos e terapias para os pacientes”, disse o professor Peter Mathieson, diretor e vice-chanceler da Universidade de Edimburgo.