Fonte: ONU NEWS - Imagem: Suvajit Roy por Pixabay

Organização Internacional do Trabalho, OIT, revela que prática caiu 38% na última década, mas 152 milhões de crianças continuam sendo afetadas; pandemia da Covid-19 piorou situação que pode ser revertida com “ação decisiva” de todos; nos últimos 20 anos, 100 milhões de crianças foram resgatadas dessas condições.

Imagem: Pixabay - Por: Lenir Camimura Herculano
Fonte: Conselho Nacional de Justiça

Evitar que crianças recém-nascidas sejam abandonadas em terrenos baldios, em condições precárias ou sejam entregues à revelia da lei para outras pessoas é o objetivo do projeto “Entregar de forma legal é proteger”, desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ).

Por : Letycia Bond – Repórter da Agência Brasil - São Paulo / Imagem : Pixabay
Fonte : Agência brasil

Em média, a cada ano, as notificações de casos de trabalho infantil aumentam 38% durante os meses de carnaval, em todo o país, de acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT). Na Paraíba, esse tipo de crime cresceu 48,8% no período da data festiva, saltando de 129 ocorrências denunciadas em 2018 para 192 em 2019.

Imagem : Pixabay
Fonte : Agência Brasil - Brasília 

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) firmou parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Ministério dos Direitos Humanos, para buscar soluções contra agressões a crianças e adolescentes. Diariamente, são notificadas no Brasil, em média, 233 agressões de diferentes tipos (física, psicológica e tortura) contra crianças e adolescentes com idade até 19 anos.